segunda-feira, 1 de novembro de 2010

A calma!


Menino calado
que guarda trancado
todo o seu sofrer
agora já não mais tão gurí
se vira aqui e ali
querendo mostrar a você
que não vale a pena revolta
traçar uma linha sem volta
prolongando somente a dor
procure descobrir na sua alma
o dom de viver com a calma
experiência que a vida ensinou;
já chega de ficar calado
cresci, já sofri um bocado
e agora quero falar
das coisas boas que penso
que construir por dentro de tudo
no tempo em que fiquei mudo.

5 comentários:

  1. realmente essa ta massa!!

    ResponderExcluir
  2. oi linda , estou passando pra te dar um oi, e dizer que adorei as poesias, beijos, milla.

    ResponderExcluir
  3. Querida Tia, eu não consigo dizer o quanto fiquei impressionado com a sua poesia. De fato, fala muito, sem dizer nada rs. A mais linda de todas, e não é porque é pra mim, mas é porque você viu além. Um beijo enorme e obrigado ;)

    ResponderExcluir